Bem-te-vi: inteligência artificial e big data unidas para modernizar o sistema judiciário

Bem-te-vi: inteligência artificial e big data unidas para modernizar o sistema judiciário

Plataforma criada pelo TST foi apresentada na quarta-feira (04) durante o primeiro dia de fórum

Boas práticas e mudanças tecnológicas nos tribunais foram as principais pautas abordadas no primeiro dia do Fórum Nacional de Inovação, Tecnologia e Inteligência. O ministro do Tribunal do Trabalho (TST), Alexandre de Souza Angra Belmonte apresentou o sistema Bem-te-vi, como exemplo de inovação na gestão do acervo processual.

A plataforma criada em 2017 permite agilidade na consulta dos processos judiciais, que são separados por temas, com atualização das informações em minutos. Com a implantação desse sistema, houve aumento de 7.5% na produtividade do tribunal em relação ao ano passado.

As principais contribuições do Bem-te-vi são a celeridade, eficiência e qualidade na priorização e seleção de processos, aceleração da análise processual, melhor gestão do acervo do gabinete e foco na atividade judicante.

Durante o fórum, também foram apresentados dois outros projetos tecnológicos que permitem agilidade na consulta dos processos. O sistema Victor, criado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), e a plataforma Sócrates desenvolvida pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Para o ministro do TST, Alexandre Belmonte, é possível integrar no futuro todas as plataformas. “As inovações tecnológicas do judiciário me animam bastante! É possível existir o aproveitamento de cada uma das tecnologias nos respectivos tribunais, podendo no futuro serem aplicadas a todos os tribunais”, finalizou.

Veja a abertura e palestras do primeiro dia de Fórum:


Fernanda Bastos

Assessoria de Comunicação da AMB